Notícias » Inglaterra

Casal encontra 2.600 moedas de pratas com o auxílio de um detector de metais, na Inglaterra

Debaixo da terra, estava escondido um tesouro avaliado em 25 mil reais

André Nogueira Publicado em 26/08/2019, às 14h00

None
- Divulgação

Com o auxílio de um detector de metais, o casal Adam Staples e Lisa Grace encontrou o mais valioso tesouro da História da Grã-Bretanha: um acúmulo de 2.571 moedas antigas, estimadas num valor de 5 milhões de libras. Os objetos datam de mil anos atrás.

As moedas são feitas em prata e são tostões do rei Harold II, do fim do período saxão, e de Guilherme, o Conquistador, do início da Era Normanda iniciada em 1066. Muitas delas estão em perfeito estado de conservação e são avaliadas em 5 mil libras cada (aproximadamente R$ 25 mil). A quantia era considerada, mesmo na época, de grande valor e provavelmente foi enterrada para segurança da fortuna.

A valiosidade do tesouro envolve a raridade das moedas do governo de Harold, pois esse foi curto (nove meses), dado que o rei foi morto por uma flecha em batalha. O tesouro foi encontrado por acaso, quando o casal procurava metais com um detector, em um campo não cultivado de Somerset.

O casal / Crédito: Reprodução

 

O casal não somente entrou em contato com um oficial do condado em que a fortuna foi encontrada, mas também foi obrigado por lei a entregar as moedas ao Museu Britânico (Londres), que fará avaliações. A equipe de especialistas passou sete meses catalogando os materiais e divulgaram a descoberta no último final de semana.

Caso a descoberta seja declarada oficialmente um tesouro, isso tornará o casal milionário. Nesta transação, o proprietário do terreno onde as moedas foram encontradas tem direito a 50% dos lucros.