Notícias » Paleontologia

Cascas de ovo de dinossauro de 125 milhões de anos são encontradas na Rússia

A intenção dos pesquisadores é em breve reconstruir o ovo em sua totalidade com tecnologia 3D

Vanessa Centamori Publicado em 14/08/2020, às 12h58

Cascas de ovo de dinossauro encontradas na Rússia
Cascas de ovo de dinossauro encontradas na Rússia - Divulgação/Museu de História Kuzbass

No último dia 8 de agosto, foram encontrados pedaços de casca de ovo de dinossauro de 125 milhões de anos, no sítio paleontológico Shestakovo-3, na Rússia. Os paleontólogos acreditam que o achado é proveniente de um Psittacosaurus Sibiricus — a maior espécie conhecida de Psittacosaurus.

As informações são do site do jornal Siberian Times. Segundo a publicação, esses dinossauros tinham crânio de 20,7 centímetros e quatro chifres no entorno de cada olho. Agora, as cascas desses seres estão atualmente em um laboratório do Museu de História Local de Kuzbass.

Cascas de ovo em pedra / Crédito: Divulgação/Museu de História Kuzbass

 

No laboratório os especialistas irão finalizar a confirmação de que as cascas pertenceram à espécie de dinossauro. Posteriormente, a microestrutura dos objetos serão vistos em microscópios de polarização e eletrônicos. Por fim, o ovo em sua totalidade será reconstruído em 3D.

Curiosamente, os pesquisadores notaram que a descoberta estava em uma região onde, há seis anos, eles já tinham encontrado vários fósseis de psitacossauros, que se extinguiram há cerca de 26 a 101 milhões de anos.