Notícias » Brasil

Caso Gael: Mãe do menino de 3 anos é denunciada por agredir, asfixiar e matar o filho

Andréia Oliveira foi acusada por homicídio doloso qualificado; promotoria pede exame de insanidade mental

Redação Publicado em 21/05/2021, às 10h03

O menino Gael de apenas 3 anos
O menino Gael de apenas 3 anos - Divulgação/ Arquivo Pessoal

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira, 21, pelo portal de notícias G1, Andréia Oliveira, de 37 anos, mãe do meninoGael de Freitas Nunes, de 3 anos, foi denunciada pelo Ministério Público, na última quinta-feira, 20, pelo assassinato do próprio filho, no último dia 10 de maio.

Segundo revelado na publicação, a dona de casa foi acusada por homicídio doloso (intencional) qualificado por meio cruel, contra descendente e criança.

De acordo com a denúncia, o menino Gael faleceu após sofrer agressões na cabeça e ser asfixiado. A criança morreu no apartamento em que morava com a mãe, irmã e tia-avó de Andréia, no Bairro da Bela Vista, em São Paulo.

Agora, a Promotoria pede à Justiça para que seja feito um exame de insanidade mental na mulher. De acordo com testemunhas, Oliveira teria sofrido um surto psicótico. A defesa alega que a dona de casa “não se lembra de nada”.

Desde o início das investigações, Andréia está presa preventivamente.  Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, no inquérito que foi concluído pela Polícia Civil, na última terça-feira, 18, a “responsável pelo crime foi a mãe da vítima”.