Notícias » Brasil

Caso Marco Aurélio: Família divulga novo retrato falado

A imagem simula como o escoteiro pode estar hoje em dia, 36 anos após seu misterioso desaparecimento

Penélope Coelho Publicado em 08/12/2021, às 11h30

Retrato de como o escoteiro pode estar hoje em dia
Retrato de como o escoteiro pode estar hoje em dia - Divulgação/ Família de Marco Aurélio

Na última terça-feira, 7, familiares do escoteiro Marco Aurélio divulgaram um novo retrato falado de como o homem pode estar atualmente, 36 anos depois de seu misterioso desaparecimento, no Pico dos Marins.

Marco sumiu sem deixar rastros em 8 de junho de 1985, quando tinha somente 15 anos, ao voltar sozinho por uma trilha na tentativa de buscar ajuda para outro escoteiro que havia se ferido.

Desde então, a família nunca desistiu de encontrá-lo. O caso foi arquivado em 1990 por falta de evidências. Contudo, em julho 2021 após duas novas linhas de investigação, o caso foi reaberto. As informações são do portal de notícias g1.

A imagem que retrata como o escoteiro poderia estar hoje em dia foi realizada a partir de relatos de pessoas que afirmam ter visto Marco, além de também se basear nos traços de seu irmão gêmeo.

Anteriormente, parentes do desaparecido já haviam divulgado um retrato falado que trazia a simulação de Aurélio como morador de rua, já que uma das linhas de investigação trabalha com a possibilidade de que o jovem não tenha conseguido retornar para casa, tornando-se andarilho.