Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Elize Matsunaga

Caso Matsunaga: Justiça concede liberdade condicional para Elize

Elize Matsunaga matou e esquartejou marido há 10 anos

Redação Publicado em 30/05/2022, às 19h59

Elize Matsunaga - Divulgação/Netflix
Elize Matsunaga - Divulgação/Netflix

Elize Matsunaga, presa por matar o marido Marcos Matsunaga em 2012, teve sua liberdade condicional concedida pela Justiça. A SAP (Secretária de Administração Penitenciária) cumpriu o alvará de soltura, nesta segunda-feira, 30.

A bacharel em direito, baleou na cabeça e esquartejou, o marido Marcos Matsunaga, herdeiro da indústria de alimentos Yoki, há 10 anos. Condenada, inicialmente, a 19 anos e 11 meses de prisão, Elize Matsunaga, teve sua pena reduzida pelo STJ (Supremo Tribunal de Justiça), em 2012,  para 16 anos e 3 meses.

Sua defesa pediu o recurso à Justiça, que concedido pelo Departamento Estadual de Execução Criminal da 9ª Região Administrativa Judiciária, de São José dos Campos.

Agora, ela passa o restante do tempo de pena em liberdade. Para isso, é necessário o cumprimento de algumas regras, como informar periodicamente a ocupação e o endereço à Justiça. As informações são do G1.

O crime foi cometido em 19 de maio de 2012, no apartamento de Eliza e Marcos, com uma pistola que pertencia à ela, sendo uma das 34 armas do casal. Ela alegou ter atirado para se defender de uma agressão. 

Saídas temporárias

Elize Matsunaga foi presa junto a outras criminosas de repercussão nacional, como Suzane von Richthofen e Anna Jatobá. Ela trabalhou no regime semiaberto para reduzir a pena, na área de costura. Com o salário que recebia, teve direito à saídas temporárias. 

Impedida de ver a filha desde o acontecimento do crime, em suas saídas temporárias ela exibia cartazes e passava mensagens à filha