Notícias » Brasil

Casos de subvariante Ômicron XQ são registrados no Brasil

Duas infecções foram relatadas na cidade de São Paulo

Redação Publicado em 05/05/2022, às 10h02

Passageiros no metrô de São Paulo
Passageiros no metrô de São Paulo - Getty Images

O Instituto Butantan identificou os dois primeiros casos da subvariante XQ da covid-19, uma combinação das sublinhagens BA.1.1 e BA.2 da ômicron, no Brasil. Ambos os casos ocorreram na cidade de São Paulo.

Anteriormente, 49 infecções pela variante haviam sido registradas na Inglaterra e no País de Gales, conforme informações do sistema internacional de classificação e registro de novas linhagens, o Pango.

Características desconhecidas

Segundo afirmou o médico pediatra e geneticista Salmo Raskin, diretor do Laboratório Genetika, em Curitiba, ao G1, ainda não é possível realizar afirmações sobre transmissibilidade e virulência da variante, justamente pelo fato de haver poucos casos descritos ao redor do mundo.

No entanto, o pesquisador acredita que as recombinantes serão provavelmente 'engolidas' pela BA.2, que é considerada mais transmissível que a BA.1.

"Todas essas variantes recombinantes são chamadas de variantes de interesse. Estão abaixo do grau de variante de preocupação (VOC) da OMS", apontou.