Notícias » Brasil

Catador de material reciclado encontra recém-nascida em caixa de papelão

Uma carta, supostamente escrita por seus pais, foi deixada ao lado de Sophia. “Espero um dia te ver novamente e poder te pedir perdão pelo que eu fiz”

Fabio Previdelli Publicado em 26/04/2021, às 14h01

A pequena Sophia sendo resgatada pelos policiais
A pequena Sophia sendo resgatada pelos policiais - Divulgação/Polícia Militar da Bahia

No último sábado, 24, um catador de materiais recicláveis teve uma grande surpresa ao retirar algumas caixas em frente a um estabelecimento comercial de transportes coletivos, em Salvador. Isso porque, ele encontrou um bebê de apenas quatro dias de vida em meio ao papelão. As informações a seguir foram publicadas pelo UOL. 

Ao lado da menina estava uma carta que foi, supostamente, escrita por seus pais. Nela, eles pedem desculpas a Sophia, nome dado ao bebê, e dizem que o abandono foi motivado pela difícil condição financeira que vivem. 

"Sei que o que estou fazendo é muito doloroso. Infelizmente, eu e sua mãe estamos vivendo uma vida muito difícil. Às vezes, não temos nem o que comer em casa. Dó muito fazer o que estou fazendo. Você ainda é muito pequena e não sabe ainda o que é a vida", diz o início do manuscrito. 

Carta supostamente escrita pelos pais de Sophia/ Crédito: Divulgação/Polícia Militar da Bahia

 

"Sei que você não tem culpa por ter nascido, mas infelizmente não tenho condições de te dar uma vida digna. Espero um dia te ver novamente e poder te pedir perdão pelo que eu fiz. Espero que quem te achar cuide muito bem de você e te ame muito", prossegue o pai da criança.  

Em tom de despedida, os pais de Sophia dizem que torcem para que ela “cresça nos caminhos do Senhor”. Segundo o bilhete, a garota nasceu no último dia 21, quarta-feira, feriado de Tiradentes. “Saiba que nós te amamos filha. Beijos de seu pai e de sua mãe”, finalizam.  

O homem que encontrou a menina imediatamente acionou a 19ª Companhia Independente da Polícia Militar, que contou com a ajuda do Samu para resgatar o bebê. Sophia foi encaminhada para a Maternidade Tsylla Balbino, onde está recebendo cuidados médicos.  

Pesando cerca de 3,1 quilos, ela passou por uma série de exames, que não constataram nenhuma infecção. Porém, ela está em tratamento de fototerapia por apresentar icterícia.  

Segundo informou Rita Calfa, diretora-geral da Maternidade, o Juizado da Infância e Juventude e o Ministério Público da Bahia já foram informados sobre o caso. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Sophia deve ter alta no início dessa semana.