Notícias » Inglaterra

Catedral irá exibir uma releitura do famoso quadro A Última Ceia, com Jesus como um homem negro

A ação da igreja localizada na Inglaterra será feita para apoiar os movimentos antirracistas

Penélope Coelho Publicado em 01/07/2020, às 06h00

Releitura do quadro A Última Ceia
Releitura do quadro A Última Ceia - Divulgação/St. Albans Cathedral

A famosa pintura de Leonardo da Vinci, intitulada de A Última Ceia (1495-1498), retrata Jesus antes de ser crucificado fazendo sua última refeição junto com seus apóstolos, em uma mesa.

A obra é extremamente conhecida, principalmente pelos cristãos e já foi reproduzida diversas vezes. Pensando nisso, a Catedral de St. Albans, na Inglaterra, pretende expor uma releitura dessa obra, com o intuito de demonstrar suporte ao movimento que luta contra o racismo, Black Lives Matter, as informações são do jornal Daily Mail.

A igreja irá fazer isso a partir de uma releitura do quadro que mostrará Jesus representado como um homem negro. A pintura é da artista plástica Lorna May Wadsworth.

A artista afirmou que buscou traços jamaicanos para realizar o desenho de Jesus “Os especialistas concordam que ele provavelmente teria traços do Oriente Médio, mas há séculos os artistas europeus tradicionalmente pintam Cristo à sua própria imagem.”, concluiu Wadsworth.

A obra estará exposta no lugar de um presépio, a partir de 4 de julho — quando o Primeiro Ministro Boris Johnson, irá sinalizar a próxima fase de afrouxamento das medidas de isolamento social, que acontecem em decorrência do novo coronavírus.

O novo quadro poderá ser visto até o dia 31 de outubro deste ano. De acordo com a igreja, quem visitar o local poderá acender uma vela em apoio aos movimentos antirracistas. Confira o procunciamento da Catedral de St. Albans nas redes sociais: