Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Curiosidades

Catedral que guarda cinzas de Desmond Tutu é alvo de incêndio criminoso

O incidente ocorreu na madrugada do último sábado, 5, na Cidade do Cabo, capital sul-africana

Redação Publicado em 07/02/2022, às 08h34

O arcebispo Desmond Tutu - Getty Images
O arcebispo Desmond Tutu - Getty Images

A Catedral de São Jorge da Cidade do Cabo, na África do Sul, foi alvo de um incêndio criminoso na madrugada do último sábado, 5, após fumaça ser detectada no porão de uma seção da igreja às 02h00 do horário local (às 21h00 no horário de Brasília).

O espaço é conhecido por ser o local onde estão enterradas as cinzas do arcebispoDesmond Tutu, vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1984, que foi uma das principais figuras do país na luta antissegregacionista. Ele morreu em 26 de dezembro de 2021, aos 90 anos.

O padre Michael Weeder, decano da catedral, informou em comunicado aos paroquianos que “o incêndio foi provocado”. O principal suspeito está em prisão preventiva e espera pelo julgamento sobre o caso.

Segundo a agência de notícias AFP, o incêndio teria se iniciado a partir de um pedaço de algodão queimado ou gaze lançado através de uma pequena janela próxima as escadas que levam até à entrada principal da igreja.

Weeder comunicou ainda que os bombeiros conseguiram apagar o fogo rapidamente e que, fora os "rastros de fumaça (...) não se vê nenhum sinal de dano". Uma pessoa foi vista correndo para fugir da cena do crime.