Notícias » Estados Unidos

Cebola causou surto de salmonella em 37 estados americanos

Centro de Controle e Prevenção de Doenças orientou consumidor a jogar fora alguns alimentos

Fabio Previdelli Publicado em 21/10/2021, às 16h37

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

Na última quarta-feira, 20, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos informou o agente causador de um surto de salmonella que já atingiu cerca de 37 estados americanos.

De acordo com o órgão, as cebolas estariam por trás das contaminações. Assim, em uma publicação nas redes sociais do CDC, um alerta orientava que as pessoas jogassem fora os alimentos que não apresentassem rótulos.

“Jogue fora as cebolas sem rótulo em casa. Não coma, venda ou sirva cebolas roxas, brancas ou amarelas importadas do México e distribuídas nos EUA pela ProSource Inc.”, informou o CDC.

Segundo o Centro de Controle, 652 pessoas foram infectadas com o surto de salmonella, sendo que 129 precisaram ser internadas. De acordo com a ProSource Inc, que faz as exportações, o alimento foi levado ao país pela última vez em 27 de agosto. Apesar da data, foi informado que as cebolas podem durar até 3 meses se armazenadas corretamente. 

Ainda haverá uma investigação para saber se outras cebolas ou empresas fornecedoras de alimentos estão ligadas ao problema.