Notícias » Brasil

"Cena revoltante": Cachorro é concretado em rua de Goiás

"Ele estava com metade do corpo coberto com massa asfáltica e metade do corpo para fora", explica morador indignado com a situação

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 23/03/2022, às 14h49

Fotografia do ocorrido
Fotografia do ocorrido - Divulgação/ Arquivo Pessoal

Em Itumbiara, uma cidade localizada em Goiás, um cachorro foi preso em meio ao concreto jogado para tapar o buraco de uma avenida, chocando os moradores da região e provocando indignação nas redes sociais

O episódio perturbador ocorreu na última segunda-feira, 21. Após denúncias, os restos mortais do animal foram retirados do local. 

"Eu tinha saído do serviço e estava indo embora para a minha casa quando eu vi o cachorro. Muita gente também viu e pararam para ver aquela cena revoltante. É uma cena esquisita, revoltante, não tem explicação”, relatou Frederico Antônio Dias Barbosa, conforme repercutido pelo UOL. 

Um detalhe é que o cão já aparentava não ter vida quando Frederico o avistou. "A prefeitura da cidade estava fazendo um tapa-buraco e ele estava com metade do corpo coberto com massa asfáltica e metade do corpo para fora. Uma coisa muito feia de ver", explicou. "Nunca tinha acontecido algo do tipo antes. Estavam todos revoltados, tanto na internet quanto na rua".

A Secretaria de Obras e Pavimentação Asfáltica da Prefeitura de Itumbiara, por sua vez, afirmou que acidente não teria sido responsabilidade deles, de acordo com o Mais Goiás. Isso pois, as operações tapa-buraco são feitas com um "rolo compressor" de "mais de 10 toneladas", um maquinário que sem dúvida teria esmagado o cão. 

Dessa forma, os funcionários da divisão pública acreditam que alguém reabriu o buraco para prender o animal ali. A Polícia Civil da cidade abriu uma investigação do caso para entender o que realmente provocou o mórbido acontecimento.