Notícias » Rússia

Censura russa prende até mesmo apoiadores da invasão

Vídeo expõe ação intolerante de policiais; confira!

Fabio Previdelli Publicado em 16/03/2022, às 13h30

Mulheres que foram presas por agentes russos
Mulheres que foram presas por agentes russos - Divulgação/ Redes Sociais

Nos últimos dias viralizou nas redes sociais um vídeo que mostra algumas prisões que foram realizadas na Praça Manezhnaya, no centro de Moscou.

As gravações, feitas no domingo, 13, apontam um fato curioso: tanto manifestantes contra a invasão russa quanto os apoiadores do governo estão sendo detidos. 

Em um primeiro momento do vídeo, uma mulher contrária a “operação militar especial” na Ucrânia, modo como o próprio presidente Vladimir Putin definiu o conflito, se aproxima e conversa com a pessoa que estava gravando o vídeo. 

“Você acha que se eu disse apenas ‘duas palavras’ serei presa?”, pergunta. Logo em seguida, ela mostra um pedaço de papel onde pode-se ler a frase “duas palavras”. Neste momento, agentes da polícia a levam do local. 

Seguindo com a gravação, outra mulher aparece. Ela questiona se o cinegrafista conversava somente com pessoas contrárias à guerra. Ao responder que não, que buscava ouvir todas as opiniões, ela começa a falar: 

Eu apoio…”, disse antes de ser interrompida por outros dois policiais que a levaram embora.