Notícias » Arqueologia

Centenas de balas de canhão são desenterradas de forte na Índia

A descoberta é considerada uma das mais importantes do estado indiano

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/02/2021, às 07h00

Balas de canhão descobertas na Índia
Balas de canhão descobertas na Índia - Divulgação - Mumbai Mirror

Uma das principais descobertas arqueológicas feitas na Índia foi feita totalmente ao acaso. Uma equipe de voluntários, em conjunto com o departamento florestal da região, foi responsável por descobrir cerca de 400 balas de canhão no Forte de Pavangad, próximo da cidade de Kolhapur.

A descoberta foi feita durante a instalação de placas de sinalização no local. Durante esse processo, os itens foram escavados, pois estavam enterrados no local. Eles tinham sido empilhados em retângulos, o que, segundo os especialistas, indica que eles tinham uso militar no período que foram desenvolvidos. A maioria dos artefatos pesa cerca de 7 quilos.

Assim que os voluntários perceberam que se tratava de algo impressionante, eles convocaram o departamento de arqueologia para o forte, com o intuito de investigar a origem dos objetos. Até agora, pouco se sabe sobre as balas de canhão e seu uso especialmente na região.

O forte de Panhala foi construído por Chhatrapati Shivaji Maharaj, um aristocrata responsável por fundar o Império Maratha. O local foi erguido ao longo do século 17 d.C. e é importante para a história local.