Notícias » Mundo

Centenas de pássaros caem mortos na Espanha

As causas do misterioso fenômeno estão sendo investigadas por especialistas

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 04/12/2021, às 08h05

Trecho de reportagem mostrando alguns dos pássaros mortos na calçada
Trecho de reportagem mostrando alguns dos pássaros mortos na calçada - Divulgação/ La Voz de La Galicia

Os moradores da cidade de Ferrol, localizada no norte da Espanha, experienciaram um fenômeno perturbador na sexta-feira passada, 26, quando centenas pássaros teriam subitamente desabado dos céus, mortos. 

"Mais de mil voaram pelas torres e um grupo de cerca de 200 veio em direção às casas, perto do hospital, e começaram a cair em cima de nós, tanto em mim como em outra garota que descia a rua. Ficamos estarrecidos", narrou um transeunte que presenciou o episódio em entrevista ao La Voz de Galicia, um jornal local. 

A causa da morte de tantas aves, que eram estorninhos, está atualmente sendo alvo de investigação por pesquisadores do Centro de Recuperação da Vida Selvagem de Oleiros, que receberam 127 carcaças recolhidas da região onde a "chuva de pássaros" ocorreu.

Além destes, o laboratório também conseguiu algumas espécimes com vida, embora muito debilitadas e frequentemente já incapazes de voar. 

Até o momento, as hipóteses dos animais terem sido eletrocutados ou então acometidos por uma gripe aviária foram descartadas. Um outro detalhe de relevância é que todos os esterninhos apresentavam lesões hemorrágicas que não podem ser conectadas a infecções de nenhum tipo.  

Algumas das teorias levantadas pelos especialistas são relativas a uma possível intoxicação ou então colisão em massa entre os pássaros enquanto eles voavam em formação. 

No início de 2021, conforme repercutido pelo UOL, uma outra cidade espanhola foi palco de um episódio semelhante. O motivo das mortes das aves, neste caso, foram determinadas como resultado da liberação de produtos químicos no ar por uma petroquímica da região.