Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Europa

Chefe da UE analisa invasão russa: ‘Horas mais sombrias para a Europa desde a 2º Guerra’

O chefe da União Europeia, Josep Borrell, comentou os conflitos e prometeu implantar ‘o pacote de sanções mais severo’ contra a Rússia

Redação Publicado em 24/02/2022, às 12h19

Fotografia de Josep Borrell - Getty Images
Fotografia de Josep Borrell - Getty Images

Após as tropas russas avançarem na Ucrânia, na madrugada desta quinta-feira, 24, o chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell, se pronunciou sobre os conflitos, que já deixaram mais de 60 vítimas fatais na Ucrânia, até o momento.

Em conversa com repórteres, o alto representante da UE definiu o ataque russo à Ucrânia como uma das “horas mais sombrias para a Europa”, nas últimas sete décadas, relembrando o período da Segunda Guerra Mundial (1939 -1945).

“Estas estão entre as horas mais sombrias para a Europa desde o fim da Segunda Guerra Mundial”, afirmou Borrel.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias CNN, Josep afirmou que a União Europeia irá enviar “assistência urgente à Ucrânia”, além de dar apoio para que os civis consigam deixar o país.

Na ocasião, o chefe de política externa anunciou ainda que a União Europeia, bloco formado por 27 países, irá programar “o pacote de sanções mais severo que já foi implementado” contra a Rússia.