Notícias » Ucrânia

Chernobyl: funcionários roubaram combustível para manter reator funcionando

Profissionais relataram que uma grande catástrofe poderia ocorrer caso reator perdesse energia

Redação Publicado em 09/04/2022, às 10h59

Reator nuclear de Chernobyl
Reator nuclear de Chernobyl - Getty Images

Funcionários da usina nuclear de Chernobyl revelaram ter roubado combustível russo quando o território estava sob controle das tropas de Vladimir Putin. O objetivo era permitir que um reator pudesse seguir funcionando durante corte de energia que se prolongou por três dias.

Segundo informações do portal de notícias UOL, os funcionários relataram ao serviço russo da BBC que, caso a usina perdesse energia, uma situação catastrófica ocorreria.

"O material radioativo poderia ter sido liberado. A escala disso, você pode imaginar. Eu não estava com medo pela minha vida. Eu estava com medo do que aconteceria se eu não estivesse lá monitorando a usina: uma tragédia para a humanidade", declarou Oleksandr Lobada, supervisor de segurança contra radiação na estação.

De acordo com a fonte, a antiga usina nuclear de Chernobyl foi tomada pelo exército russo no primeiro dia da invasão ao solo ucraniano, em 24 de fevereiro. Hoje, ela se encontra novamente sob controle da Ucrânia.