Notícias » China

China anuncia permissão para que cada casal tenha até três filhos no país

A medida acontece em meio a uma queda na taxa de natalidade; desde 2016, a política do filho único passa por uma flexibilização

Penélope Coelho Publicado em 31/05/2021, às 07h12

Imagem ilustrativa de uma família chinesa
Imagem ilustrativa de uma família chinesa - Getty Images

De acordo com informações publicadas nesta segunda-feira, 31, pelo portal de notícias G1, as autoridades chinesas anunciaram hoje a permissão para que cada casal tenha até três filhos no país.

Segundo revelado na publicação, a medida — que ainda não tem data para entrar em vigor —  acontece em decorrência da queda de natalidade na China. De acordo com a agência de notícias chinesa, Xinhua, a ação foi aprovada em uma reunião com o presidente Xi Jinping.

Sabe-se que desde 2016, a China enfrenta uma flexibilização na política do filho único, quando autorizou que cada casal poderia ter dois filhos, anteriormente, só era permitido o nascimento de um filho, justamente para tentar frear o crescimento demográfico.

Mesmo com a mudança, os nascimentos continuam em queda no país. De acordo com os últimos dados, a taxa de natalidade caiu para 12 milhões em 2020, especialistas acreditam que o fenômeno possa gerar uma grande população de idosos no país, em comparação aos jovens empregados, como já acontece no Japão e Coreia do Sul.

Segundo estudiosos, a queda na taxa de natalidade acontece por diversas razões, entre elas estão: custo de vida, diminuição de casamentos, gravidez mais tardia e priorização da carreira profissional.