Notícias » China

China: Dois tigres são abatidos após atacarem e matarem cuidador em zoológico

De acordo com agência de notícias, os animais escaparam de suas jaulas; o caso vem sendo alvo de críticas. Entenda!

Penélope Coelho Publicado em 26/05/2021, às 07h56

Imagem ilustrativa de um tigre
Imagem ilustrativa de um tigre - Divulgação/Oktavianus-K-A/Pixabay

De acordo com informações da agência de notícias AFP, publicadas nesta quarta-feira, 26, pelo UOL, um caso trágico envolvendo a morte de um cuidador e de dois tigres está chamando a atenção na China.

Segundo revelado na publicação, na manhã da última terça-feira, 25, um funcionário do zoológico Vale dos Pavões de Danjiang, na China, foi morto após ter sido atacado por dois tigres, logo após alimentá-los. De acordo com a reportagem, os animais escaparam de suas jaulas.

Na ocasião, o homem foi levado às pressas para o hospital mais próximo, mas não resistiu aos ferimentos. Após o ataque, os animais fugiram — o que gerou uma verdadeira caça atrás dos tigres.

De acordo com a publicação, os felinos de grande porte foram encontrados ainda dentro das propriedades do zoológico e acabaram sendo abatidos. Os animais tinham sido alugados para o instituto por um circo da cidade chinesa de Suzhou.

Agora, as autoridades locais investigam as circunstâncias do acidente. Sabe-se que o caso vem sendo alvo de críticas nas redes sociais. Os internautas questionam a existência de tais parques, como escreveu um usuário do site Baidu: "Exceto por razões científicas, os animais não devem ser mantidos em cativeiro em zoológicos", revelou a AFP.