Notícias » Esportes

China é notificada após atletas usarem broches com rosto de Mao Tsé-Tung

De acordo com Comitê Olímpico Chinês, o caso não irá se repetir em eventos futuros

Penélope Coelho Publicado em 09/08/2021, às 11h40 - Atualizado às 11h41

Atletas da China nas Olimpíadas
Atletas da China nas Olimpíadas - Getty Images

De acordo com informações da BBC, publicadas no último sábado, 7, a China informou que seus atletas não irão mais usar emblemas políticos nos uniformes durante o recebimento de medalhas em competições como os Jogos Olímpicos.

A informação foi confirmada pelo Comitê Olímpico Chinês, que teve que explicar um gesto polêmico envolvendo ciclistas chinesas. O Comitê Olímpico Intencional (COI) informou que obteve garantias de que o caso não irá se repetir.

Na semana passada, ao receberem a medalha pelo desempenho na competição, uma dupla de atletas do ciclismo usou uma espécie de broche com referência à Mao Tsé-Tung, tirano que liderou a China até 1976.

Bao Shanju e Zhong Tianshi foram notificadas do erro. Sabe-se que tais ações são proibidas pelo (COI), especialmente durante competições e no momento do recebimento de medalhas. De acordo com a reportagem, com a posição do comitê chinês, o caso foi encerrado.