Notícias » China

China: Homem terá que pagar uma fortuna por atividades domésticas realizadas pela ex-esposa

A justiça chinesa decidiu que o marido terá que recompensar os trabalhos feitos pela ex-mulher durante os anos de casamento

Alana Sousa Publicado em 24/02/2021, às 12h00

Imagem meramente ilustrativa de produtos de limpeza
Imagem meramente ilustrativa de produtos de limpeza - Divulgação/Pixabay

Nesta quarta-feira, 14, a Justiça da China condenou um homem a pagar uma fortuna para sua ex-mulher como compensação por atividades domésticas que ela realizou durante os anos de casamento. A informação foi divulgada pelo portal G1.

De acordo com uma lei recente do governo chinês, qualquer um dos parceiros pode entrar com um pedido de compensação por injustiças no matrimônio; seja com os cuidados dos filhos ou na manutenção da residência.

Assim aconteceu com um casal — que não teve sua identidade revelada — que ficou junto por 5 anos, sendo que três deles foram casados oficialmente. A mulher, cujo sobrenome é Wang, receberá cerca de 42 mil reais por sua contribuição no relacionamento, além de ganhar uma pensão para auxiliar na criação de seus filhos.

A decisão foi assinada pelo juiz Feng Miao, que enfatizou que a sobrecarga de atividades domésticas para a mulher contribuiu para o crescimento financeiro do marido. O trabalho de dona de casa pode “melhorar a capacidade do outro cônjuge de crescer pessoalmente e academicamente, e isso não está refletido no valor das propriedades [que serão divididas no divórcio]”, relatou o magistrado.

Entre 2015 e 2018, Wang e Chen dividiram o mesmo teto, mas, segundo a chinesa, a relação durou mais dois anos, nos quais ela fez a maior parte do trabalho em criar as crianças.