Notícias » China

China rejeita relatório da origem da covid-19 realizado pelos EUA: "Político e falso"

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, realizou a declaração no último domingo, 31

Redação Publicado em 01/11/2021, às 09h44

Wang Wenbin
Wang Wenbin - Wikimedia Commons / China News Network

A China rejeitou no último domingo, 31, um relatório publicado pelos serviços de inteligência dos Estados Unidos sobre a origem da Covid-19 dois dias antes. Segundo declarou o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Wang Wenbin, a investigação seria "política e falsa". O representante ainda considerou que Washington deveria "parar de atacar" Pequim.

"Não importa quantas vezes este relatório seja publicado e quantas versões sejam inventadas, ele não pode mudar a natureza completamente política e falsa" de suas conclusões, afirmou Wenbin .

A China já havia se manifestado contra um relatório inicial, divulgado no final de agosto, de acordo com informações do UOL. Na época, o presidente norte-americano Joe Biden deu aos serviços de inteligência um prazo de 90 dias para "redobrar seus esforços" para explicar a origem da pandemia.

Conforme a fonte, o documento atualizado afirma que é necessário obter novas informações para que seja possível concluir se o vírus surgiu por zootransmissão ou vazamento de laboratório. O texto ainda acrescenta Pequim continua a "dificultar a investigação global."