Notícias » China

China: Vazamento de gás contaminado de laboratório infecta mais de 3 mil pessoas

Habitantes do noroeste do país estiveram expostos à bactéria no ano passado, muitos foram diagnosticados com brucelose

Penélope Coelho Publicado em 18/09/2020, às 09h18

Imagem meramente ilustrativa de bactérias
Imagem meramente ilustrativa de bactérias - Pixabay

Autoridades chinesas concluíram que o vazamento de gás contaminado ocorrido em 2019, infectou 3.245 mil pessoas com brucelose no noroeste do país. As informações são da agência de notícias AFP.

De acordo com a publicação, o vazamento ocorreu em um laboratório farmacêutico que produz vacinas para animais. Segundo a reportagem, o laboratório usou desinfetante vencido na produção, como a esterilização não foi realizada corretamente, bactérias ainda estavam presentes nas emissões de gases da instituição, a Unidade Biofarmacêutica de Lanzhou para Pecuária.

De acordo com especialistas da área da saúde, a brucelose costuma afetar animais, mas, pode ser transmitida para humanos através da ingestão de carne infectada, mal passada ou crua, e também pelo ar infectado com a bactéria.

A doença costuma apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, dor muscular e fadiga. Até o momento, nenhuma morte foi registrada na região em decorrência da bactéria. Atualmente, o governo está realizando testes com os habitantes de Lanzhou, para entender as extensões da contaminação. De acordo com as autoridades, também não houve contaminação de humano para humano.