Notícias » Bizarro

Chinesa fica presa em 1º encontro após lockdown repentino

Confinada com o pretendente recém-conhecido, ela descreveu a situação como 'nada ideal'

Wallacy Ferrari Publicado em 13/01/2022, às 12h20

Jovem afetada pelo lockdown
Jovem afetada pelo lockdown - Divulgação / YouTube / Shenzhen TV

Encontros às cegas costumam ser ocasiões casuais em busca de um novo amor na vida, de maneira que os pretendentes se abordem com calma e se aproximem lentamente. Essa explicação poderia ser levada em conta se não fosse o caso de uma mulher chinesa, identificada pelo sobrenome Wang.

Após um surto de covid-19 em Zhengzhou, na China, a cidade teve lockdown decretado repentinamente enquanto a jovem passava a tarde em um 'date' com um rapaz, sendo obrigada a se instalar na casa do homem recém-conhecido.

O caso foi revelado por ela em uma rede social e posteriormente propagado pelos principais veículos de imprensa do país asiático.

De acordo com ela, a cidade do date era longe de onde ela morava, sendo o único lugar para se instalar. Já o encontro teria sido organizado por seus pais após descobrirem o longo período onde a jovem esteve solteira.

Contudo, nos quatro dias presa na casa do rapaz, descreveu a ocasião como "nada ideal", enaltecendo que ele "não falava muito".

De acordo com o G1, a China possui uma política de tolerância zero contra a covid-19, resultando em confinamentos obrigatórios assim que novos casos são detectados. No caso da última semana, a cidade do 'date' de Wang registrou 100 novos casos.