Notícias » Astronomia

Cientistas divulgam nova teoria sobre o misterioso Planeta Nove

Pesquisadores de Harvard contam com um poderoso telescópio que será usado no Chile para desvendar, de uma vez por todas, o suposto planeta

Caio Tortamano Publicado em 13/07/2020, às 16h07

Impressão artística do Planeta Nove
Impressão artística do Planeta Nove - Wikimedia Commons

Pesquisadores de Harvard acreditam ter descoberto novas informações a respeito do apelidado "Planeta Nove". Aparentemente, o que cientistas acreditavam ser um planeta 10 vezes maior que a Terra (orbitando a parte exterior do Sistema Solar) pode se tratar, na verdade, de um buraco negro.

A suspeita veio depois da observação de uma aglomeração de objetos cósmicos próximos a Netuno, sendo somente possível através de um corpo estelar de grande massa (um planeta) ou um buraco negro em estado inicial. Esse mistério será possivelmente desvendado com a construção de um novo telescópio que está sendo desenvolvido no Chile.

Com estimativa de entrega para 2022, esse equipamento irá escanear repetidamente faixas do céu observável do hemisfério sul do planeta Terra, com uma riqueza de informação, até então, desconhecida.

Os pesquisadores de Harvard irão utilizar uma nova análise para determinar se existe um pequeno buraco negro um pouco depois de Netuno — e, no futuro, poderá ser utilizado para identificar outros fenômenos do tipo no universo.

A análise, chamada de Legacy Survey of Space and Time, terá a sensibilidade de identificar as explosões de acréscimo, um tipo de rastro em forma de luz que toda matéria deixa quando está se aproximando de um buraco negro.