Notícias » Arqueologia

Cientistas identificam gênero de fósseis antigos através de seus dentes

O estudo analisou mais de 30 peças dentárias de Sima de los Huesos, na Espanha, que datam do Pleistoceno Médio

Pamela Malva Publicado em 20/05/2020, às 08h00

Imagem dos dentes analisados pelos cientistas
Imagem dos dentes analisados pelos cientistas - Divulgação/C. García Campos

Através de uma análise minuciosa feita em 32 peças dentárias do período Pleistoceno Médio, cientistas da Espanha puderam determinar algo nunca antes descoberto. Os especialistas conseguiram estimar o gênero de 15 indivíduos da época.

Habitantes de Sima de los Huesos, os europeus estudados pela equipe não atingiam a idade adulta. Nesse sentido, tais indivíduos morreram enquanto ainda crianças, sub-adultos ou jovens adultos, segundo os cientistas.

Nas idades apresentadas pelos fósseis, então, os ossos analisados não apresentam quaisquer traços que indiquem seu gênero. Os dentes, por outro lado, permitem a determinação do sexo de uma pessoa, já que se formam de forma precoce.

A aplicação da análise nos dentes deixou os especialistas entusiasmados, já que representa uma oportunidade única para estudar populações antigas. Os resultados, portanto, são positivos e indicam que a tecnologia pode ser aplicada em casos mais críticos, como quando as estruturas ósseas estiverem fragmentadas ou ausentes.