Notícias » Civilizações

Cientistas recriam face de homem que pode ter participado de guerra entre clãs no século 15

O corpo, que foi enterrado junto com um guerreiro e outras quatro cabeças, teria combatido na Batalha de Tarbat, na Escócia

Fabio Previdelli Publicado em 09/09/2019, às 11h00

None
Reprodução

Especialistas reconstruíram o rosto de um homem cujos restos mortais foram encontrados em uma antiga Igreja Paroquial de Tarbat, em Portmahomack, Easter Ross, na Escócia.

Ele foi sepultado em cima de outro homem que morreu depois de receber um ferimento fatal de espada no crânio. Além dos corpos, quatro cabeças foram colocadas no túmulo compartilhado.

Acredita-se que o guerreiro (que teve o ferimento de uma lâmina abaixo do olho esquerdo) e os outros indivíduos, possam ter participado de uma intensa guerra entre os clãs Mackay e Roos — que ocorreu no século 15 e é conhecido como Batalha de Tarbat.

A reconstrução faz parte de um projeto que envolve especialistas em ciências arqueológicas. Além do túmulo das seis cabeças, como a sepultura foi apelidada, o grupo também analisará outros três enterros localizados próximo ao local. A reconstrução facial foi realizada pelas doutoras Jessica Liu e Sarah Shrimptom, da Universidade John Moores de Liverpool.

O crânio da esquerda teve a face reconstuída / Crédito: Reprodução


Os esqueletos foram encontrados durante escavações do Programa Tarbat Discovery, que durou de 1997 a 2007. O programa encontrou 88 covas, com corpos pertencentes a pessoas que viveram entre os séculos 13 e 16. As descobertas são consideradas como uma das mais importantes da Escócia nos últimos 30 anos.