Notícias » Arqueologia

Cientistas revelam o primeiro fóssil completo de um Tiranossauro rex

Junto do enorme predador, o achado ainda conta com os restos de um Tricerátopo, com quem o T-rex lutou até a morte

Pamela Malva Publicado em 22/11/2020, às 08h00

Fotografia do fóssil duplo encontrado em 2006
Fotografia do fóssil duplo encontrado em 2006 - Divulgação/Matt Zeher

Em meados de 2006, caçadores de fósseis fizeram uma descoberta impressionante em Montana, nos Estados Unidos. Anos mais tarde, em um acontecimento histórico para a ciência, o primeiro fóssil completo de um Tiranossauro rex foi apresentado ao público.

Datados de 67 milhões de anos atrás, os restos do animal estão entrelaçados ao fóssil de um Tricerátopo. Para os estudiosos, a bizarra condição em que os ossos foram encontrados indica que os dois dinossauros, presa e predador, brigaram até a morte.

Segundo os cientistas, que revelaram a antiga descoberta na última quinta-feira, 19, ainda é possível ver os dentes do T-rex fincados nos ossos de sua vítima. No total, o enorme fóssil pesa mais de 14 toneladas, já que conta com os dois corpos.

Hoje, os restos estão sendo classificados como 'uma das descobertas paleontológicas mais importantes de nosso tempo'. Isso porque, de acordo com os cientistas, o T-rex é o único exemplar da espécie 100% completo que já foi encontrado na história moderna.

Fotografias das impressioantes partes do T-rex / Crédito: Divulgação/Matt Zeher

 

Acontece que, além de não ter pedido um osso sequer, o predador ainda apresenta restos fossilizados de pele, coisa que é extremamente rara. Agora, o T-rex, que morreu quando ainda era jovem, e seu eterno companheiro devem receber uma exposição especial no Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.