Notícias » Antártica

Cinco vezes o tamanho de Nova York: maior iceberg do mundo começa a derreter na Antártica

Dados da Agência Espacial Europeia mostraram um novo pedaço do gigante bloco de gelo se desprendendo

Vanessa Centamori Publicado em 27/04/2020, às 13h22

O iceberg A-68
O iceberg A-68 - Divulgação / ESA

De acordo com informações coletadas pelo satélite Sentinel-1, da Agência Espacial Europeia (ESA), o iceberg chamado A-68, que é atualmente o maior do mundo, está derretendo drasticamente devido ao aquecimento global. A água congelada do enorme pedaço de gelo é capaz de preencher a cidade de Nova York cinco vezes. 

Uma parte do iceberg, que representa 175 quilômetros quadrados, já se desprendeu, viajando por águas aquecidas do norte da Península Antártica. O glaciologista Adrian Luckman contou ao canal BBC, que o acontecimento pode representar o fim completo da grande massa de gelo. 

É o segundo maior evento depois que o A-68 se desprendeu da geleira Larsen C, em julho de 2017. Na ocasião, o iceberg tinha 6 mil quilômetros quadrados de área, mas hoje só restam 5,1 mil. "Suspeito que a quebra final está começando agora, mas os fragmentos irão estar conosco por anos", afirmou Luckman.

Iceberg A-68 e o pedaço que saiu dele, A-68c / Crédito: ESA 

 

O iceberg A-68 é gigante, mas também fino, o que o deixa mais frágil contra o aumento de temperatura na Antártica. O pedaço que se desprendeu dele na última quinta-feira foi chamado de A-68c.

Em um tweet, Anna Maria Luongo, especialista em sensoriamento remoto, postou um gif, que mostra o despedaçamento do iceberg entre dezembro de 2019 e março de 2020.

Confira abaixo.