Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Guilherme de Pádua

Circulação do livro de memórias de Guilherme de Pádua foi proibida pela Justiça

Guilherme de Pádua revelou sua versão do crime em ‘A História que o Brasil Desconhece’

Redação Publicado em 29/07/2022, às 19h15

Guilherme de Pádua - Reprodução/Vídeo
Guilherme de Pádua - Reprodução/Vídeo

Na última quinta-feira, 28, chegaram ao streaming da HBOMAX os últimos episódios de ‘Pacto Brutal’, minissérie documental que aborda detalhes do assassinato da então atriz de 22 anos, Daniella Perez. A atriz é filha da escritora Glória Perez.

Guilherme de Pádua era o par romântico da atriz na novela ‘Corpo e Alma’ (1992), a qual Glória foi a escritora, e foi condenado o culpado do assassinato da colega, junto com a então esposa, Paula Thomaz. O caso aconteceu no Rio de Janeiro, em 28 de dezembro de 1992.

A série com 5 episódios traz depoimentos de familiares e amigos da vítima, mas não possui falas dos culpados, que foram condenados a 19 anos de prisão, mas, após cumprirem um terço da pena, foram soltos, em 1999. Um dos temas que a série aborda é o livro de memórias escrito por Guilherme, intitulado "A História que o Brasil Desconhece".

Glória Perez revelou ter lido o livro e ficou indignada com o relato de que o ex-ator teria se masturbado após cometer o crime pensando no que havia feito. A autora analisou: "Isso a gente percebe em vários criminosos. E, nele, você percebe claramente como o assassinato pode ser um gatilho para o erotismo de alguém". O livro foi proibido de circular, pela Justiça.

Motivação do crime

No documentário, é relatado que Guilhermeteria medo de que seu papel na novela diminuísse depois que seu personagem terminasse a relação com o de Daniella. Tais cenas foram gravadas no dia do assassinato da jovem. Já outras versões dizem que, na verdade, a então esposa dele, Paula Thomaz seria a real mandante do crime, por motivos de ciúmes.

Porém, diferente de tudo isso, de Pádua afirma, em sua versão do assassinato, que Daniella estaria com problemas no casamento com o ator Raul Gazolla e ela teria se apaixonado por Guilherme, que estava esperando um filho com Paula, na época, segundo informações da Rolling Stone Brasil. Todavia, as investigações, conforme mostrado no documentário, negam essa versão.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.