Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arraia gigante

Com 300 kg, arraia gigante se torna maior peixe de água doce já encontrado

A captura da arraia gigante aconteceu em junho deste ano, no Camboja

Isabelly de Lima, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/06/2022, às 19h56

Recorde anterior ocorreu em 2005 - Divulgação / Chhut Chheana/ Wonder of Mekong
Recorde anterior ocorreu em 2005 - Divulgação / Chhut Chheana/ Wonder of Mekong

A maior arraia de água doce já registrada na história foi capturada no Camboja, pesando 300 quilos e medindo quase 4 metros. A pescaria ocorreu no último dia 13 de junho, segundo o projeto Wonders of the Mekong, que é a atual responsável por catalogar espécies do tipo.

De acordo com o National Geographic, o animal gigante foi capturado por Moul Thun, pescador de 42 anos, que mora na ilha remota de Koh Preah, ao longo do rio Mekong. Assim que pescou o animal, o homem acionou o projeto Wonders of the Mekong (Maravilhas do Mekong), uma parceria entre autoridades e especialistas do país asiático com cientistas norte-americanos.

Depois de ser pesada e medida, a arraia foi devolvida para a natureza com um rastreador, que deve registrar todos os seus movimentos. Dessa forma, os especialistas poderão entender melhor o comportamento de animais da espécie na região.

Recompensa e recorde

Moul, o pescador responsável pela captura, ganhou uma recompensa de US$ 600 (aproximadamente R$ 3,1 mil). O animal estava em bom estado de saúde antes de ser liberado, ainda que tivesse sido capturado com a ajuda de um gancho.

Antes da captura da arraia na última semana, o maior peixe de água doce já pescado no mundo também tinha sido encontrado no Camboja. Um peixe-gato foi encontrado no mesmo rio, em 2005, pesando 293 quilos.

Em uma conversa com o canal norte-americano NBC Nres, via Uol, o pesquisador Zeb Hogan, da Universidade de Nevada afirmou que "a captura mostra o quão pouco sabemos sobre esses peixes gigantes de água doce”.