Notícias » Família Real Britânica

Com saída definitiva de Harry da realeza, princesa Anne se torna a primeira mulher a chefiar a Marinha Real

Com a decisão, o herdeiro real abriu mão de títulos e de suas funções na monarquia

Penélope Coelho Publicado em 22/02/2021, às 07h15 - Atualizado às 09h48

Princesa Anne, filha de Elizabeth II
Princesa Anne, filha de Elizabeth II - Getty Images

Na última sexta-feira, 20, após o Palácio de Buckingham anunciar que Harry e sua esposa Meghan Markle optaram por sair definitivamente da Família Real, algumas recolocações de cargos nobres foram realizadas. De acordo com informações publicadas pelo portal Universa, da UOL, uma das funções de Harry foi passada para sua tia, irmã do príncipe Charles, a princesa Anne.

Segundo revelado na publicação, com a decisão definitiva o filho de Lady Di consequentemente abre mão de títulos reais, com isso, Harry não será mais chamado de duque de Sussex. Além disso, o homem também não irá mais cumprir funções na Família Real.

A partir de agora, a única filha mulher da rainha Elizabeth II irá ocupar um dos cargos do sobrinho. Segundo revelado na reportagem, Anne foi nomeada capitã dos Royal Marines, a força de infantaria anfíbia da marinha real britânica. A decisão é histórica, já que a princesa será a primeira mulher a ocupar tal função.

De acordo com a mídia internacional, a decisão mais óbvia para a realocação seria escolher William para o cargo, contudo, acredita-se que a opção de Anne tenha sido melhor para evitar uma confusão envolvendo o nome dos irmãos.

Sabe-se que a princesa, de 70 anos, já é experiente na área que irá ocupar. A mulher está relacionada a 65 organizações militares, além de já ser capitã das mulheres da Marinha Real.