Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Europa

Comissão portuguesa que investiga abusos da Igreja recebe mais de 200 denúncias

Em menos de um mês foram recebidos relatos de pessoas nascidas entre 1933 e 2006

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 10/02/2022, às 17h09

Imagem ilustrativa - Pixabay
Imagem ilustrativa - Pixabay

A comissão que investiga abusos sexuais cometidos dentro da Igreja de Portugal anunciou, nesta quinta-feira, 10, que recebeu 214 relatos de possíveis vítimas. As denúncias foram feitas por pessoas nascidas entre 1933 e 2006, que residem dentro e fora do país.

Por meio de nota, a comissão, que foi formada depois de uma comissão semelhante ser criada na França, disse que os relatos mostram histórias que não foram reveladas durante décadas e casos de sofrimento. As informações são do portal de notícias G1.

Dentro da força-tarefa, financiada pela própria Igreja Católica, trabalham seis pessoas, lideradas pelo psiquiatra Pedro Strecht, que disse que as ações da comissão não serão afetadas pela Igreja.

As denúncias para a comissão podem ser feitas por um site ou por uma linha telefônica ativada especialmente para isso. Até então, a comissão pede que as vítimas de abuso se identifiquem. 

Grande parte das acusações feitas até agora vieram do site montado pela comissão, mas há denúncias a serem feitas por pessoas mais idosas e que moram em áreas remotas do país. Para isso, será estabelecido um contato a partir de instituições de caridade  ligadas à Igreja de Portugal.