Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Daniella Perez

Como a novela 'De Corpo e Alma' lidou com a personagem de Daniella Perez após a morte da atriz?

Daniella Perez foi assassinada em 1992 pelo colega de elenco, Guilherme de Pádua

Redação Publicado em 23/07/2022, às 12h35

Imagem de homenagem a Daniella Perez feita ao fim da novela 'De Corpo e Alma' - Divulgação/YouTube/MVintage Cultura
Imagem de homenagem a Daniella Perez feita ao fim da novela 'De Corpo e Alma' - Divulgação/YouTube/MVintage Cultura

Daniella Perez foi uma dançarina e atriz brasileira — filha da escritora Glória Perez —, que foi vítima de um crime chocante no final de 1992. Naquele ano, ela havia sido assassinada pelo também ator Guilherme de Pádua e sua então esposa, Paula Thomaz.

Tanto Daniella quanto Guilherme de Pádua já se conheciam na época em que o assassinato ocorreu, sendo eles colegas de elenco na novela 'De Corpo e Alma', escrita pela mãe da vítima. Na novela, eles interpretavam Yasmin e Bira, respectivamente, e na história eram um par romântico.

Daniella Perez, atriz assassinada em 1992
Daniella Perez, atriz assassinada em 1992 / Divulgação/HBO Max

O corpo da jovem atriz, que foi morta aos 22 anos, foi encontrado em um local isolado no Rio de Janeiro com 18 golpes de facadas. O crime chocou o Brasil na época, tamanha foi a brutalidade do ocorrido, além de ter sido efetuado por um colega de trabalho da jovem, enquanto a novela em que atuavam era transmitida.

Por conta disso, a série documental 'Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez' foi desenvolvida pela mãe da vítima, Glória Perez, e conta com mais detalhes sobre a investigação do assassinato da atriz. O documentário teve sua estreia na última quinta-feira, 21, e é produzido e distribuído pela HBO Max.

'De Corpo e Alma'

O crime que caiu sobre Daniella Perez, realizado pelas mãos do ator Guilherme de Pádua e de sua esposa, Paula Thomaz, aconteceu no mesmo período em que ambos os atores trabalhavam na novela 'De Corpo e Alma', como o par romântico Yasmin e Bira. Durante os sete dias decorridos após o crime, os autores Leonor Bassères e Gilberto Braga acabaram assumindo as rédeas da trama.

Para solucionar o sumiço repentino dos personagens na novela, os autores decidiram por colocar a personagem Yasmin em uma viagem de estudos, enquanto Bira simplesmente deixou de existir e não foi mais comentado. Depois de uma semana, a autora Glória Perez voltou ao trabalho e carregou a novela até seu fim, e ainda acrescentou dois temas relevantes na história: a morosidade da Justiça e a inadequação do Código Penal.

Ao final do primeiro capítulo sem Daniella Perez, os atores e o diretor Fabio Sabag gravaram depoimentos em homenagem à atriz. Além disso, no fim do último capítulo, uma homenagem também foi transmitida com recortes e momentos da jovem.

A novela 'De Corpo e Alma' contou com uma coprodução de uma emissora de televisão portuguesa, e por isso também foi exibida no país europeu. Além dele, também passou na Bolívia, Chile, Costa Rica, Equador, Guatemala, Honduras, Líbano, Macau, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela, segundo o portal Memoria Globo.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.