Notícias » Arte

Comprada por 20 reais, pintura de David Bowie é vendida por 435 mil

Intitulada ‘D Head XLVI’, a curiosa tela foi encontrada em um brechó no Canadá e acabou quebrando um recorde em seu leilão

Pamela Malva Publicado em 28/06/2021, às 16h48

Fotografia de David Bowie
Fotografia de David Bowie - Getty Images

No dia 16 de junho, o site Aventuras na História noticiou a descoberta de uma pintura original de David Bowie, criada entre 1994 e 1997. Agora, após ser leiloada, a tela ‘D Head XLVI’ arrecadou impressionantes 108 mil dólares canadenses, cerca de 435 mil reais.

Inicialmente, esperava-se que os lances para a obra oscilassem entre 45 mil reais e 60 mil reais. Quando foi anunciado no Leilão Online de Arte Internacional da Cowley Abbott, todavia, o quadro foi vendido por mais de 10 vezes o valor mínimo da oferta inicial.

Vendida para um colecionador dos Estados Unidos, a obra quebrou um recorde de 2016, quando outra obra de Bowie, também pertencente à coleção ‘Dead Heads’, foi comprada por 22.500 euros, em uma casa de leilões no Reino Unido.

[Colocar ALT]
Pintura de Bowie / Crédito: Divulgação/Cowley Abbott

"Nossa galeria foi inundada com convites e interesse pela pintura de Bowie durante todo o nosso Leilão Online de Arte Internacional”, narrou o Presidente da Cowley Abbott, Rob Cowley. “É um fenômeno que chamamos de Efeito Hollywood, quando há um nome famoso associado, ou quando há um conjunto extraordinário de circunstâncias, como raridade ou história de interesse humano por trás da obra de arte.”

Como a obra foi descoberta

A pintura foi encontrada em um brechó em Ontário, no Canadá, e foi comprada por 4 dólares, algo em torno de 20 reais. Mais tarde, o comprador não identificado notou uma assinatura no verso da tela em que se lia David Bowie.

Assustado com a possibilidade de o quadro ser de autoria de um dos maiores nomes da música, ele contatou especialistas, entre eles o leiloeiro Cowley Abbott. Após uma pesquisa minuciosa com estudiosos de arte e da vida e carreira do Camaleão do Rock, a autoria foi confirmada.

"Arte valiosa pode ser encontrada nos lugares mais inesperados", narrou Lydia Abbott, a Vice-Presidente da Cowley Abbott. "Frequentemente encontramos uma importante obra de arte que foi herdada ou está em uma casa de família há muitos anos, sem que os proprietários saibam nada sobre o artista ou o valor da obra."