Notícias » Mundo

Conflitos na Faixa de Gaza: Hamas confirma morte de chefe militar

Bassem Issa é o primeiro comandante de alto escalão que a organização terrorista perde nos últimos sete anos

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 12/05/2021, às 14h13

Bandeira de Israel
Bandeira de Israel - Divulgação/Pixabay

Nesta quarta-feira, 12, o grupo radical islâmico Hamas confirmou a morte de diversos comandantes em decorrência do conflito que está ocorrendo atualmente entre israelenses e palestinos, considerado o maior desde 2014. As informações foram divulgadas pelo G1. 

Anteriormente, a agência de segurança interna de Israel já havia anunciado ter assassinado diversos membros da organização terrorista através de uma “operação complexa e inédita” envolvendo ataques aéreos. 

Essas mortes incluíram a de Bassem Issa, primeiro militar de alta patente do Hamas a ser morto nos últimos sete anos, e também aquele que estava sob controle de Gaza, principal cidade da Faixa de Gaza. 

O confronto entre as duas populações, que já dura três dias, provocou a perda de 55 vidas, e deixou aproximadamente 300 pessoas feridas, com a maioria delas sendo do território palestino.