Notícias » Mundo animal

Conheça TobyKeith, o cão vivo mais velho do mundo

Idade avançada do chihuahua chamou a atenção do Guinness Book

Fabio Previdelli Publicado em 23/04/2022, às 13h20

Fotos do chihuahua TobyKeith
Fotos do chihuahua TobyKeith - Divulgação/ Arquivo Pessoal

No dia 16 de janeiro, o chihuahua TobyKeith completou mais um ano de vida. A data pode até passar batido para muitos, mas para o cachorrinho ela foi especial. Afinal, ele completou 21 anos. 

66 dias depois, em 16 de março, o chihuahua foi considerado pelo Guinness Book, o Livro dos Recordes, como o cachorro vivo mais velho do mundo. O fato foi comemorado pela tutora Gisela Shore, que conta que o adotou ainda bebê. 

A norte-americana relata que TobyKeith entrou em sua vida quando ela ainda era voluntária no Peggy Adams Animal Rescue. Na época, ficou sabendo de um casal de idosos que estava doando um pet por não ter condições de cuidar dele. 

Segundo o blog Bom Pra Cachorro, da Folha de São Paulo, a confirmação causou enorme comoção em Shore, que levou o doguinho para o pet tomar um banho e cortar as unhas. Ao voltar, eles saíram para um passeio especial de carro. 

A idade avançada, porém, parece não trazer dificuldades para o cãozinho. Apesar de um problema cardíaco, isso parece não afetá-lo tanto assim, visto que a expectativa de vida para um chihuahua varia entre 12 e 18 anos. 

Gisela diz acreditar que a longevidade do pet se dá por conta dele praticar exercícios regulares, além de manter uma dieta saudável e balanceada. TobyKeith se alimenta, principalmente, de vegetais, arroz e frango. Mas a parte fundamental para a longevidade, diz, é o lar amoroso que ele vive. 

Amizade animal

O chihuahua, porém, não é 'filho único', Shore tem outros dois doguinhos em casa: Luna, uma buldogue de 7 anos; e Lala, uma crista chinês de 3. A turma é completa com os papagaios Coco e Coqui.

De acordo com o livro dos recordes, o cão mais velho que se tem registro é o pastor australiano Bluey, que tinha 29 anos e 5 meses quando faleceu em 14 de novembro de 1939. 

Apesar do título dado para TobyKeith, o The Mr. Mo Project, ONG nos Estados Unidos que se dedica a cães idosos abandonados, aponta que Bully, que também é um chihuahua, completou 23 anos no começo desse mês.