Notícias » Ucrânia

Conheça Wali, o lendário atirador de elite que se juntou aos ucranianos

Com ampla experiência militar, o atirador de elite efetuou o disparo fatal mais longo da história: 3,5 km

Fabio Previdelli Publicado em 11/03/2022, às 11h43 - Atualizado em 17/03/2022, às 11h40

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Na última quarta-feira, 9, a Ucrânia recebeu em seu território o atirador de elite canadense Wali, um dos mais conhecidos do mundo. O sniper chegou para ajudar a conter a invasão russa, que começou no último dia 24 de fevereiro. 

[Volodymyr] Zelensky me disse que eles precisavam de um franco-atirador. É como um bombeiro que ouviu o alarme tocando. Eu tive que ir", declarou Wali ao portal La Presse

Com ampla experiência militar, Wali já participou de missões no Afeganistão e Iraque, o que o tornou um dos principais combatentes de sua posição dentro das Forças Armadas do Canadá, conforme aponta o G1. 

Além do mais, o atirador de elite também é conhecido por efetuar o disparo fatal mais longo da história do mundo militar. Em 2017, enquanto estava no Iraque, ele acertou um alvo do Estado Islâmico que estava a 3,5 quilômetros de distância. 

Por sua eficiência, Wali está sendo usado como propaganda militar na Ucrânia. De acordo com a agência de informações Nexta, a produtividade média do atirador é de 7 homens por dia, mas em um cenário como o vivido na Ucrânia esse número pode subir para 10. 

"‘Vali’ pode proporcionar até 40 mortes por dia”, escreveu o veículo em um post no Twitter.


Para conferir mais notícias curiosas, não deixe de seguir o site Aventuras na História no Google News. São publicados diariamente notícias, reportagens e matérias especiais sobre fatos históricos. Clique aqui para seguir agora mesmo!