Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Brasil

Conhecido por matar prostitutas nos anos 90, 'Maníaco da Corrente' é encontrado morto

O serial killer Paulo José Lisboa chegou a ser preso por seis assassinatos em SP na época, mas ficou foragido e vivia em ES

Wallacy Ferrari Publicado em 05/02/2022, às 10h32

Paulo José Lisboa em entrevista após prisão em 2008 - Divulgação / YouTube / TV Globo
Paulo José Lisboa em entrevista após prisão em 2008 - Divulgação / YouTube / TV Globo

O criminoso Paulo José Lisboa, 53, popularmente conhecido durante a década de 1990 como "Maníaco da Corrente", foi encontrado morto dentro da casa onde morava em Guarapari, no Espírito Santo, na noite da última sexta-feira, 5. O corpo do assassino em série foi encontrado pela esposa após retornar de uma viagem.

Durante os anos 1990, o serial killer obteve projeção midiática após ser condenado pelo assassinato de cinco pessoas e espancamento de outras seis em São Paulo, tendo como alvo padrão mulheres e travestis que ofereciam serviços sexuais nas ruas do interior paulista, além de usar uma corrente para estrangular as vítimas.

Foragido durante 10 anos, ele foi encontrado em Vitória, ES, no ano de 2008. Por lá, também respondeu por seis assassinatos e mais duas tentativas de homicídio, confessando parte dos crimes e contando com frieza o método utilizado para abordar e agredir as vítimas até a morte, como informou o portal G1.

Cumpriu pena em regime fechado nos 9 anos seguintes, obtendo a liberdade em 2017, após decisão judicial. Ao sair, casou-se com a mulher que, ontem, encontrou seu corpo. De acordo com depoimento dela para a Polícia Civil, sentiu um cheiro forte ainda no portão, encontrando o cadáver do marido deteriorado no quarto do casal.