Notícias » Hard News

Consulado Brasileiro em Londres pode dividir prédio com ‘strip club’

Um telegrama do cônsul-geral revelou que o órgão está tentando banir uma boate de ‘striptease’ no mesmo prédio em que atua

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/01/2022, às 16h14

Fachada de frente do Consulado Brasileiro em Londres
Fachada de frente do Consulado Brasileiro em Londres - Divulgação / Google Maps

Na rua Vere, no número 3, está instalado o Consulado do Brasil em Londres, capital da Inglaterra, e, juntamente a esta organização, outros negócios e estabelecimentos coabitam o mesmo prédio. Nesta quinta-feira (20), foi noticiada uma polêmica que uma nova empresa está causando no consulado, sendo o estabelecimento um clube de ‘striptease’.

De acordo com um telegrama enviado pelo cônsul-geral Tarcísio Costaao Ministério das Relações Exteriores, aqui na capital brasileira, o órgão está resistindo à abertura do ‘stripclub’, inclusive entrando em contato direto com a subprefeitura de Westminster. 

O “estabelecimento de entretenimento sexual”, como refere-se Costa, segundo a cobertura do portal de notícias UOL, deve ter sua instalação negada, pois há uma resistência geral da vizinhança contra boates “desse ramo de atividade”, afirmou o telegrama encaminhado para o ministério brasileiro.

O clube de ‘striptease’ chamaria-se ‘Sophisticats’, uma brincadeira de palavras entre ‘sofisticadas’ e ‘gatas’ (cats, em inglês), e ofereceria shows com nudez completa das 10h às 5h, durante a semana até sábado, e 10 às 0h, aos domingos.

Os donos do estabelecimento são a empresa Clarmans Clubs Ltd. e representarão o caso da instalação da casa de 'striptease' no prédio se for necessário.

A subprefeitura contatada deu um limite de tempo para o envio de reclamações e oposições relacionadas à boate de ‘striptease’. É possível que seja organizada uma audiência sobre o assunto, de maneira a discutir a instalação de um estabelecimento deste tipo no mesmo prédio que o consulado brasileiro.