Notícias » Reino Unido

Contagem oficial de cisnes da monarquia começa no rio Tâmisa

Na última terça-feira, 20, profissionais do censo anual iniciaram a busca por Cisnes Mudos nas margens das águas inglesas

Pamela Malva Publicado em 21/07/2021, às 12h00

Fotografia dos contadores com cisnes nas mãos
Fotografia dos contadores com cisnes nas mãos - Divulgação/ Twitter/ @RoyalFamily

Segundo a lei britânica, todos os Cisnes Mudos que vivem em águas públicas da Inglaterra pertencem à monarquia. Por isso, todos os anos, especialistas realizam uma contagem dos animais para verificar o crescimento de sua população. Nesse sentido, o censo deste ano começou na última terça-feira, 20, de acordo com o G1.

A tradição começou em meados do século 12, como forma de garantir que existiriam cisnes o suficiente para realizar os banquetes da Coroa. Hoje em dia, no entanto, o censo serve como base para a preservação da espécie de cisnes com bico laranja.

Durante cinco dias, então, os contadores navegam por um trecho específico do rio Tâmisa em busca dos Cisnes Mudos. Sempre que encontram um dos animais, eles cercam o indivíduo com cuidado e, além de catalogá-lo, ainda verificam sua saúde.

Acontece que os cisnes vivem em constante perigo, sob a ameaça de predadores naturais, cães, poluição e até mesmo humanos. Isso porque, nas margens do rio, além de roubarem os ovos dos animais, algumas pessoas até chegam a atacá-los.

Como se todo esse cenário já não fosse o suficiente, os cisnes ainda sofrem ao engolir anzóis e voar na direção de grades de arame. Com isso, a população de Cisnes Mudos vem diminuindo com os anos, fato que tem preocupado os profissionais do censo.

Ainda de acordo com o G1, contudo, os resultados da contagem deste ano devem ser revelados apenas no final de semana. Enquanto isso, é possível acompanhar a viagem dos contadores rio acima, enquanto eles buscam, contam e classificam os animais.