Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Jair Bolsonaro

Convenção de Bolsonaro, no Rio, tem 40 mil inscrições falsas canceladas

O evento que marca a campanha de reeleição de Bolsonaro acontecerá no próximo domingo, 24

Redação Publicado em 20/07/2022, às 19h03

Jair Bolsonaro em evento, em Brasilia - Getty Images
Jair Bolsonaro em evento, em Brasilia - Getty Images

Cerca de 40 mil inscrições para a convenção que vai oficializar a candidatura do presidenteJair Bolsonaro para reeleição foram canceladas pelo PL. O total de inscritos era de 50 mil. A medida foi tomada depois de uma articulação de boicote de opositores ao atual presidente. O evento vai acontecer no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, no próximo domingo, 24.

O PL afirmou que, para investigar tentativas de invasão à plataforma de inscrições, vai entrar com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Alguns técnicos vão filtrar as falsas inscrições realizadas por pessoas contrárias ao governo. A sigla diz que armazenou os protocolos de internet (IP) e poderá tomar medidas legais caso verifique ocorrência de crime.

As outras 10 mil inscrições foram confirmadas pelo partido, sendo que o ginásio do Maracanãzinho tem capacidade para 12 mil lugares. Segundo a sigla, "foi feita uma triagem das inscrições falsas e os QR Code cancelados com o uso de ferramentas próprias, por meio de inteligência artificial”.

Grupos online

O Estadão, via Uol, mostrou que usuários da internet teriam organizado um movimento coordenado e reservaram ingressos disponíveis na internet. Já que os ingressos eram gratuitos, rapidamente os convites esgotaram. O objetivo era não comparecer ao evento, o deixando super vazio. 

Pelas redes sociais e pelo WhatsApp, vários grupos espalharam mensagens estimulando as inscrições em massa. A aliada do presidenteJair Bolsonaro, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), enviou uma representação para que a sabotagem ao evento seja investigada pela Polícia Federal.