Notícias » Inglaterra

Convento medieval encontrado por acaso em estacionamento na Inglaterra

O mosteiro, fundado em 1.200, é uma das cinco casas sagradas do país e, há anos, estava perdido

Alana Sousa Publicado em 15/10/2020, às 13h30 - Atualizado em 16/10/2020, às 16h33

Restos do convento medieval encontrado
Restos do convento medieval encontrado - Divulgação

Arqueólogos fizeram uma descoberta importante sobre o passado da Inglaterra. Um convento medieval, considerado uma das cinco casas sagradas do país foi encontrado após centenas de anos. O achado foi feito após o estacionamento de vários andares de Bruton Way ser demolido no final do ano passado, na cidade de Gloucester.

Com a queda do edifício os pesquisadores começaram a escavar o local, suspeitando que o convento Whitefriars poderia estar escondido no terreno — e estavam certos. Fundado por monges nos anos 1.200, a localização do mosteiro estava perdida e gerava dúvidas entre os historiadores sobre seu real paradeiro.

O arqueólogo Andrew Armstrong no local de escavação / Crédito: Divulgação

 

“É muito emocionante finalmente revelar a localização exata deste convento há muito perdido”, falou Andrew Armstrong, arqueólogo envolvido na descoberta. “Ver e documentar este site servirá para sublinhar e reconhecer o lugar do convento na história da cidade”.

Além das ruínas, os pesquisadores desenterraram um piso de argila, cerâmica e argamassa e um ralo antigo. Armstrong ainda explicou que o mosteiro por 300 anos desemprenhou um “papel ativo” na cidade. Formando alguns religiosos relevantes, como Nicholas Cantelow, em meados do século 15.