Notícias » Meio ambiente

COP 26: Líderes mundiais se comprometem com o fim do desmatamento até 2030

Em novo acordo, 105 nações, incluindo Brasil, assinaram que farão esforços para acabar o desmatamento

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 02/11/2021, às 11h16

Presidente Biden na cerimônia de abertura da COP 26
Presidente Biden na cerimônia de abertura da COP 26 - Wikimedia Commons

Parte das maiores motivações da COP 26, conferência da Organização das Nações Unidas para discutir as mudanças climáticas, problemas ambientais e suas possíveis soluções, o fim do desmatamento pode ser algo possível no horizonte da raça humana, com o novo acordo assinado durante o encontro.

Contando com a assinatura de mais de 100 países, incluindo o Brasil, que está representado pelo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, o documento detalha a nova promessa de acabar com o desmatamento até 2030.

Com o Brasil e a Amazônia como tópicos centrais nesta discussão, além de outros tipos de vegetações florestais, os governantes presentes na conferência se comprometeram a deter e reverter a perda florestal ao redor do globo em apenas 9 anos. 

Além disso, os líderes dos muitos países que estavam na conferência reconheceram a importância de dar apoio a povos indígenas e comunidades que vivem com base na floresta, incluindo-os dentro do documento que foi assinado na última segunda-feira, 1.

Nas cerimônias e eventos de hoje, 2, terceiro dia da COP 26, os governantes irão fazer o anúncio do documento, segundo cobertura da CNN

Junto ao acordo, os países presentes também se comprometeram a oferecer cerca de doze bilhões de dólares em recursos públicos para a proteção e restauração das florestas, e mais de sete bilhões de investimento privado.