Notícias » Personagem

Cópia do primeiro livro de Shakespeare é vendida por R$ 56 milhões

A edição raríssima do primeiro fólio do escritor foi a produção literária mais cara já leiloada

Isabela Barreiros Publicado em 17/10/2020, às 10h43

A cópia do primeiro fólio de William Shakespeare leiloada
A cópia do primeiro fólio de William Shakespeare leiloada - Divulgação/Christie's

Uma das poucas cópias do William Shakespeare‘s First Folio (O primeiro fólio de William Shakespeare, em tradução livre) foi a obra literária mais cara já leiloada na história. A raríssima edição, que é um dos 235 exemplares existentes dos cerca de 750 primeiros fólios, foi vendida por US $ 9.978 milhões, cerca de R$ 56 milhões.

A casa de leilão Christie's, localizada em Nova York, foi responsável pela venda ao comprador Stephan Loewentheil, um colecionador de livros raros que também vive na cidade. Ele disse que ele comprou o livro para “servir como peça central de uma grande coleção de realizações intelectuais do homem”.

O preço estimado para a peça não era tão elevado assim. Na pré-venda do fólio de Shakespeare, a Christie's previu que a edição seria vendida por um valor entre S $ 4 a US $ 6 milhões, muito menos do que ela foi realmente obtida na última quarta-feira.

Segundo Margaret Ford, chefe internacional da divisão de livros e manuscritos da Christie's, “uma cópia completa do primeiro fólio surge mais ou menos uma vez a cada geração”. Isso aconteceu pela última vez em 2001, quando outra edição do primeiro fólio foi vendido por US $ 6,1 milhões pela mesma casa de leilão.