Notícias » Coreia do Norte

Coreia do Norte quer lançar satélites espiões nos próximos anos

Segundo Kim Jong-un, a expectativa é obter 'vantagens' sobre os Estados Unidos e seus aliados

Redação Publicado em 10/03/2022, às 08h19

Pessoas assistem noticiário sul-coreano
Pessoas assistem noticiário sul-coreano - Getty Images

A Coreia do Norte planeja lançar nos próximos uma série de satélites de reconhecimento com o intuito de obter informações em tempo real sobre as ações militares dos Estados Unidos e de seus aliados.

A expectativa sobre os satélites foi anunciada pelo líder do país, Kim Jong-un, conforme informou a agência de notícias estatal KCNA, repercutida pela Reuters. Ele falou sobre o tema durante uma inspeção na Administração Nacional de Desenvolvimento Aeroespacial da Coreia do Norte.

Segundo Kim Jung-un, seguindo o projeto anunciado pelo governo no ano passado, “muitos” satélites de reconhecimento militar devem ser lançados e colocados em órbita em um período de cinco anos.

Ele observou que o objetivo de desenvolver e operar o satélite de reconhecimento militar é fornecer às Forças Armadas da Coreia do Norte informações em tempo real sobre as ações militares contra ela pelas tropas de agressão do imperialismo dos EUA e suas forças vassalas na Coreia do Sul, no Japão e no Pacífico", informou o relatório da KCNA.

O país afirmou que já fora realizados dois testes de sistema de satélite em 27 de fevereiro e 5 de março e, de acordo com Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos, eles envolveram lançamentos de mísseis balísticos que causaram críticas em todo o mundo.