Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Talibã

Corolla que pertenceu a fundador do Talibã é desenterrado após duas décadas embaixo da terra

Corolla branco foi enterrado como um memorial e será exposto em Museu Nacional de Cabul

Redação Publicado em 07/07/2022, às 16h32

Talibã desenterra Corolla de fundador do grupo - Reprodução/Twitter/Muhammad Jalal
Talibã desenterra Corolla de fundador do grupo - Reprodução/Twitter/Muhammad Jalal

Um carro enterrado por mais de duas décadas em Zabul, no leste do Afeganistão, foi "resgatado" recentemente pelo Talibã. O Corolla branco pertenceu ao fundador do grupo, Mullah Mohammad Omar, e foi escondido após a invasão dos Estados Unidos ao país. 

O carro foi enterrado em 2001 como um memorial a Mullah Mohammad Omar, após a invasão dos EUA ao Afeganistão, quando o país se recusou a entregarOsama bin Laden pelos ataques às Torres Gêmeas de 11 de setembro. 

O fundador do Talibã, Mullah Mohammad Omar, morreu em 2013, escondido. Sua morte foi mantida em segredo por dois anos. O desenterramento do carro, que será mantido em um museu, é um acontecimento decorrente da retirada das tropas dos EUA do território de Cabul em 2021, fazendo o poder local retornar às mãos do Talibã.

"Toyota Wagon pertencente ao fundador do 'Emirado Islâmico do Afeganistão', o falecido Mullah Muhammad Umar Mujahid, foi desenterrado e será limpo. Este Toyota Wagon foi usado pelo falecido Amir para viajar de Kandahar para a província de Zabul durante o início da invasão liderada pelos EUA", na legenda.

Exposição em Museu

O Corolla branco, será exposto no Museu Nacional da capital Cabul, que exibe carros e carruagens de ex-reis e primeiros ministros. Segundo informações da UOL, o carro será exibido como um "grande monumento histórico", de acordo com Rahmatullah Hammad, diretor de informação e cultura da província de Zabul. O local também exibe um veículo, cujo vidro a prova de balas está fragmentado após uma tentativa de assassinato.