Notícias » Crimes

Corpo de criança sequestrada pelo pai é encontrado no mar da Espanha

Desaparecida desde o final de abril, a menina de seis anos foi encontrada sem vida dentro de uma sacola atada à âncora do barco do pai

Isabela Barreiros, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 12/06/2021, às 08h53

Olivia e Anna Gimeno Zimmermann, desaparecidas na Espanha desde final de abril
Olivia e Anna Gimeno Zimmermann, desaparecidas na Espanha desde final de abril - SOS Desaparecidos Espanha

Na última quinta-feira, 9, equipes de busca identificaram o corpo de uma menina de seis anos que estava desaparecida desde 27 de abril na Espanha. As informações foram confirmadas pelo Tribunal Superior de Justiça das Ilhas Canárias e pela Guarda Civil e repercutidas pelo El País.

Olivia Gimeno Zimmermann desapareceu na ilha canária de Tenerife junto com sua irmã mais nova, Anna, cujo corpo ainda está sendo procurado pela Guarda Civil. O corpo de Olivia foi encontrado dentro de uma sacola atada à âncora do barco de Tomás Gimeno, pai das crianças. Ele estava a mil metros de profundidade no mar.

A principal tese das autoridades é que o pai das meninas tenha as sequestrado na noite do dia 27 de abril em Tenerife. Buscas começaram a ser feitas no mar de Tenerife pois não foi possível localizar o homem em terra.

Além da sacola em que a menina foi encontrada sem vida, existia ainda outra sacola esportiva vazia ao seu lado. Como informou o Tribunal Superior de Justiça das Ilhas Canárias, Tomás Gimeno levou seis sacolas na lancha no dia do desaparecimento das crianças.

Em seu perfil no Twitter, o presidente do Governo da Espanha, Pedro Sánchez, compadeceu-se com o triste acontecimento. Ele escreveu: “Não posso imaginar a dor da mãe das pequenas Anna e Olivia, que desapareceram em Tenerife, diante da terrível notícia que acabamos de saber. Meu abraço, meu carinho, e o de toda a minha família, que hoje se solidariza com Beatriz e seus entes queridos”.