Notícias » Personagem

Corpo de Eddie Van Halen foi cremado e cinzas serão espalhadas pelo filho, afirma site

O astro morreu no último 6 de outubro após uma exaustiva luta contra o câncer

Redação Publicado em 14/12/2020, às 11h50 - Atualizado às 11h51

Eddie Van Halen em evento
Eddie Van Halen em evento - Getty Images

No último 6 de outubro, os fãs de Eddie Van Halen receberam a triste notícia de que o músico morreu aos 65 anos, após luta contra o câncer na garganta.

Agora, o TMZ noticiou que o cadáver de Eddiefoi cremado e o filho do astro, Wolfgang Van Halen, pretende jogar as cinzas no Oceano Pacífico, especificamente na costa de Malibu, nos Estados Unidos.

O veículo detalha que Van Halen registrou o local onde as cinzas deveriam ser jogadas. Além disso, o site explica que de acordo com a certidão de óbito do músico, a morte é resultado de um derrame e que o câncer já havia tomado a pele.

A morte

A informação da morte de Eddie foi confirmada por Wolfgang Van Halen, o filho do músico, através das redes sociais.

"Eu não acredito que estou escrevendo isso, mas o meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu a longa e dura batalha contra o câncer nesta manhã. Ele foi o melhor pai que eu um dia poderia imaginar. Todos os momentos que compartilhei ao lado dele em cima e fora dos palcos foi um presente. Meu coração está despedaçado e eu não acredito que um dia conseguirei me recuperar desta perda. Eu amo você muito, papai", declarou Wolfgang.

Conforme noticiado pelo TMZ, o astro estava internado em Santa Monica, EUA. Os momentos finais foram presenciados por sua mulher, Janie, o filho, Wolfgand e Alex, que era irmão do guitarrista e atuava como baterista da banda.

De acordo com o veículo, o guitarrista encarava um estado crítico de saúde em suas últimas 72 horas. Foi nesse período que médicos descobriram que o câncer que atingia a garganta tomou o cérebro do artista.

Não era a primeira vez que Eddie encarava os efeitos devastadores do câncer. No ano de 2003, ele afirmou ter lutado contra um câncer de língua, que havia sido descoberto em 2001. Todavia, passou a realizar o tratamento contra o câncer na garganta em 2014.

Eterno

Considerado um dos guitarristas mais icônicos da história da música, Eddie fundou a banda em 1972, ao lado de seu irmão. Nascido na Holanda, passou a viver com a família nos EUA. Trilhou o caminho para o sucesso: o artista é responsável por solos icônicos como Eruption, Panama, Im the one, Ice cream men e Jump.