Notícias » Estados Unidos

Coruja símbolo do Central Park morre ao ser atingida por veículo

Nos Estados Unidos, o animal foi levado de maneira trágica, e internautas lamentaram nas redes sociais

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/08/2021, às 09h46

A coruja Barry, que vivia no Central Park, nos EUA
A coruja Barry, que vivia no Central Park, nos EUA - Divulgação/Twitter/@BirdCentralPark

Na última sexta-feira, 6, o Central Park de Nova York deu adeus a um de seus mais ilustres habitantes, que faleceu devido a um acidente. A morte da coruja Barry foi compartilhada no perfil do parque no Twitter, como relatou a BBC News.

"É com pesar que compartilhamos que uma coruja Strix varia, uma querida moradora do Central Park, faleceu esta manhã", escreveram.

O órgão responsável pelo local, o Central Park Conservancy, informou que a coruja foi atingida por um veículo de manutenção do parque quando estava voando baixo enquanto buscava alimento. 

Embora o staff tenha resgatado o animal imediatamente após o episódio, que aconteceu às 2h30 no horário local, a coruja não resistiu aos ferimentos e faleceu pouco tempo depois do incidente. 

"A presença da coruja no Central Park trouxe muita alegria, lembrando a todos nós que o parque é um espaço verde vital para todos os nova-iorquinos, incluindo os animais selvagens que o chamam de lar", afirmou o Central Park Conservancy.

A morte de Barry, que pertencia a espécie Strix varia fez com que seus admiradores prestassem muitas homenagens tanto online quanto no próprio Central Park, local onde viveu durante grande parte de sua vida.