Notícias » Estados Unidos

Covid-19: Detentos dos EUA afirmam que foram tratados com Ivermectina

Os casos aconteceram em uma prisão no Arkansas, uma ação legal está em andamento

Penélope Coelho Publicado em 18/01/2022, às 10h31

Imagem ilustrativa de cela
Imagem ilustrativa de cela - Divulgação/Pixabay/Ichigo121212

Nesta terça-feira, 18, foi divulgada a informação de que detentos de uma prisão localizada no Arkansas, Estados Unidos, estão tomando medidas legais após afirmarem que receberam tratamento sem comprovação contra Covid-19.

Os presos que foram infetados com o novo coronavírus afirmam que médicos prescreveram tratamento com Ivermectina, sem o consentimento deles. O medicamento em questão é usado para vários tipos de infestações por parasitas, mas, não é indicado para ser usado contra a Covid-19.

Apesar da comprovação científica, o remédio se tornou centro de discussão e teorias da conspiração, principalmente entre aqueles que não aprovam a vacina.

De acordo com informações publicadas pela BBC, os detentos informam que após o ocorrido, tiveram problemas de visão, diarreia e cólicas estomacais. Acredita-se que cerca de 254 presos tenham recebido a droga.

Em nota, o diretor da American Civil Liberties Union, Gary Sullivan, pediu para que os responsáveis peguem por seus atos:

“O centro de detenção falhou em usar tratamentos seguros e adequados para a Covid-19, mesmo em meio a uma pandemia, e eles devem ser responsabilizados”, afirmou.